quinta-feira, 6 de julho de 2017

MAIS DE TRÊS PESSOAS SÃO PRESAS EM OPERAÇÃO QUE INVESTIGA DESVIO DE VERBA PUBLICA EM SABOEIRO

Image-0-Artigo-2265407-1

O total de presos da "Operação Alavanche", que investiga desvio de verba pública do município de Saboeiro, cidade distante 450 km da Capital, chegou a cinco nesta quinta-feira (6). Hoje, dois empresários e o pregoeiro da Comissão de Licitações, que estavam foragidos, se apresentaram às autoridades. Além desses três, outros dois empresários foram detidos na quarta-feira (4) quando a ação foi deflagrada. De acordo com o Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), Uriel de Alencar Rocha Santos Martins, filho do prefeito de Saboeiro, Gotardo Martins, continua foragido.

Estão presos por mandados de prisão preventiva os empresários Antônio Antonerges Xavier Almeida, Antônio Francisco Fernandes da Costa, Francimar Júnior Martins, Pedro Francisco de Sousa Targino; e o pregoeiro, José Alves de Alencar.

O grupo é suspeito de envolvimento em uma organização criminosa que desviava verba pública do Município. Conforme o MPCE, somente em 2017, já teriam sido desviados R$ 5,4 milhões dos cofres públicos. O valor é decorrente de esquemas relacionados com fraudes em licitações, abastecimento de veículos da Prefeitura de Saboeiro e com a contratação irregular de escritórios de contabilidade.



Fonte Diário do Nordeste

0 comentários:

Postar um comentário