quinta-feira, 6 de julho de 2017

HOMEM REAPARECE APÓS FAMILIA FAZER SEU VELORIO


A família do artesão Geraldo Humberto de Carvalho, com cerca 55 anos, iniciou uma luta judicial para provar que Geraldo está vivo, depois de morto e enterrado.

O artesão, depois de três meses desaparecido, reapareceu numa missa em ação de graças pelo aniversário de 23 anos da comunidade terapêutica Fazenda da Paz, em Teresina, no Piauí, de onde ele foi interno.

Geraldo de Carvalho fazia tratamento contra alcoolismo e desapareceu. Ele virou morador de rua e mendigo por três meses. A família, sem notícias, reconheceu um corpo no IML como sendo o do artesão, fez velório e sepultamento.

O diretor da Fundação Fazenda da Paz, Célio Luiz Barbosa, informou que Geraldo foi acolhido novamente na instituição e está entrando no terceiro mês de tratamento contra a dependência química, que deve durar cerca de um ano. Ele disse que a família está muito abalada e não quer mais se expor sobre o caso.


A Fazenda da Paz disponibilizou assessoria jurídica para ressuscitar Geraldo de Carvalho juridicamente, inclusive em parceria com a Secretaria de Segurança Pública e da Secretaria de Assistência Social. “Tememos até que haja problemas pelo uso de documentos”, explicou Célio Luiz Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário