quarta-feira, 12 de julho de 2017

Governador sanciona lei que concede reajuste a professores estaduais

O governador Camilo Santana sancionou na tarde de terça-feira (11), no Palácio da Abolição, a lei que reajusta as Gratificações de Atividades Educacionais Especializadas (GAEE) e por efetiva regência de classe dos profissionais do Grupo Ocupacional Magistério (MAG). Com isso, os professores da rede estadual básica de ensino terão ganho médio de 7,64%, acima do índice da inflação acumulada no período. A GAEE passa a 8,5% em julho, e 12% em novembro, e a regência de classe pode chegar a 52% para quem possuir doutorado.

“Eu queria agradecer a vocês em nome de todos que fazem a educação do Ceará. Eu e a professora Izolda compreendemos que a educação é o caminho para a transformação da sociedade. O Ceará tem sido um exemplo de que é possível construir uma política educacional séria. Temos um sonho que é ampliar cada vez mais as escolas de tempo integral de Ensino médio. Educação não é gasto, é investimento. Eu garanti que nenhum professor teria prejuízo salarial, mesmo nesse período de dificuldade. Ser professor é a profissão mais importante pois todo mundo, o médico, o advogado, passa por ele, que trabalha com muito amor para passar o conhecimento com qualidade”, disse o chefe do Executivo.


O projeto de lei prevê ainda a atualização da Parcela Variável da Redistribuição do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (PVR/Fundeb) para professores temporários. Serão beneficiados ativos e inativos com a regência e a gratificação.

0 comentários:

Postar um comentário