quinta-feira, 8 de junho de 2017

131 casos de dengue já foram notificados em Várzea Alegre


131 casos de dengue já foram notificados em Várzea Alegre


A dengue, chikungunya e Zika são problemas preocupantes e situações que devem ser levadas ao combate de todos. De acordo com um boletim epidemiológico da Secretaria da Saúde do Estado do Ceará - Sesa, foram notificados 41.723 casos de chikungunya no Ceará, em um monitoramento referente ao período entre 1º de janeiro e 12 de maio e 32.682 casos de dengue, dos quais 7.710 foram confirmados em 110 dos 184 municípios cearenses. Os casos de zika notificados foram 1.249, dos quais 125 foram confirmados.

Para sabermos como anda a situação em Várzea Alegre, nossa reportagem procurou a Doutora e enfermeira da Vigilância em Saúde do município, Lucia Sousa.

Segundo informações já foram notificados 131 casos de dengue, desses 14 são positivos e 3 casos de outro município, além de 1 que inconclusivo. Ainda há outros resultados para ser observados, uma média de 50. Em relação a chikungunya, são 29 casos notificados, 11 para receber e 1 caso confirmado próprio do município.

A doutora disse que medidas estão sendo tomadas para combater a lava do mosquito aedes aegypti. A secretaria de saúde está realizando um trabalho intersetorial com outras secretarias, inclusive trabalhando com a área da educação, levando o tema para as escolas.

Outra ação realizada pela pasta da saúde é um levantamento de índice de amostras idealizado pelos agentes de endemias, e na primeira ação, o índice de residências que contém o foco do mosquito é de 1,9 e já na segunda esse número aumentou para 3.23, isso por conta das chuvas.

“É preciso que as pessoas entendam que o problema é de todo mundo, mas dentro da minha casa eu posso fazer alguma coisa para evitar a dimensão desse problema.” Disse

Quanto ao carro fumacê, Lucia disse que pelos números de casos, a cidade não merecia ainda receber o serviço, tendo em vista que a ação traz consigo riscos para o meio ambiente, mas, a questão está sendo avaliada pela Regional de Saúde.


Fonte Várzea News

0 comentários:

Postar um comentário