segunda-feira, 1 de maio de 2017

Icó mantém tradição e promove manifestação de 1º de Maio

Mais uma vez trabalhadores rurais e urbanos promoveram manifestação no Centro Histórico de Icó. Cerca de mil manifestantes participaram do ato, com destaque para a juventude. Conduzindo faixas, cartazes, os trabalhadores protestaram contra a reforma da Previdência Social e trabalhista, além de reivindicarem por melhoria no Perímetro Irrigado Icó – Lima Campos, do atendimento de Saúde e de Educação.

Neste ano, o protesto focou a reforma da Previdência Social e trabalhista encaminhada pelo presidente Michel Temer. Havia muitos cartazes com ‘Fora Temer’.

Inicialmente, os trabalhadores concentraram-se em frente ao Sindicato dos Trabalhadores Rurais e depois percorreram ruas do sítio histórico. Houve pronunciamento nas proximidades da Coluna da Hora.

O servidor público federal, Erivan Anastácio de Souza, disse que os trabalhadores desaprovam em sua maioria as propostas do presidente Temer, que retira direitos.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Icó, Lourival Teixeira, disse que o grito dos agricultores e trabalhadores urbanos mostra sua força. “Já são 45 anos de caminhada, de protesto”, frisou.

Cícero Dias, do Sindicato dos Servidores Públicos Federais evidenciou que o protesto contou com a participação de jovens e de trabalhadores do campo e da cidade. “Neste ano, o tema foi ‘Fora Temer e seus golpistas’ e contra o desmonte trabalhista, previdênciário e a terceirização”.



0 comentários:

Postar um comentário