quarta-feira, 24 de maio de 2017

Defesa de Andrea Neves pede revogação de prisão e culpa Aécio Neves por irregularidades

Defesa de Andrea Neves pede revogação de prisão e culpa Aécio Neves por irregularidades

Andrea Neves está presa em Belo Horizonte

A defesa da jornalista de Andrea Neves, irmã do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG), solicitou ao STF (Supremo Tribunal Federal) a revogação da prisão preventiva dela e responsabilizou o tucano por qualquer transação ilícita que possa ter acontecido. Andrea está presa desde a última quinta-feira (18), na Penitenciária Estevão Pinto, em Belo Horizonte, depois de ter sido citada na delação do empresário Joesley Batista.
De acordo com a defesa, o perfil de Andrea se encaixa nos critérios necessários para que ela responda, em liberdade, ao inquérito e qualquer eventual ação penal. Na petição, a defesa defende que a jornalista não tem participação nas supostas irregularidades reveladas pelos donos da JBS e joga a responsabilidade para cima do ex-presidente do PSDB. Em um trecho do documento o defensor argumenta: “O pedido do PGR e a decisão agravada, em verdade, apontam razões que, se existentes, poderiam ser aplicadas para a pessoa física do senador Aécio Neves, nunca para sua irmã Andrea, residente na região de Belo Horizonte e sem qualquer ação política pessoal”.
Andrea teria sido a responsável pela primeira abordagem feita ao empresário Joesley Batista, por telefone e via WhatsApp. Mas, segundo a defsa, ela nunca participou de questões financeiras das campanhas de Aécio, como arrecadação de recursos. O defensor negou, ainda, que a jornalista tenha tentado destruir provas.

Fonte: pinheirinho net

0 comentários:

Postar um comentário