quarta-feira, 22 de abril de 2015

violência em Aracati,homem executado veja vídeo

Uma pessoa morreu e outras duas forambaleadas dentro de uma lan house no município de Aracati. O crime ocorreu no fim da manhã desta terça-feira (21). A Polícia ainda não tem identificação das vítimas. A reportagem apurou que o morto seria um ex-presidiário identificado apenas como "Branquim". Uma criança de 11 anos e outro homem também foram atingidos e levados ao hospital.
O suspeito do crime seria um adolescente. Testemunhas relataram que o atirador entrou no estabelecimento, situado na Rua Beni Carvalho, bairro Nossa Senhora de Lourdes, em Aracati e efetuou vários disparos, deixando um morto e dois baleados. Nas imagens, o objetivo do jovem parecia ser apenas matar o homem.
O menino de 11 anos, baleado nas nádegas foi levado ao hospital em uma ambulância de Resgate da Guarda Municipal de Aracati. O outro ferido foi socorrido por populares. Abaixo, o vídeo que tem cenas fortes.

Bom dia orós


domingo, 19 de abril de 2015

orós, campeão no vôlei

Na manhã deste domingo (19/04/2015), o município de Orós, foi Campeão no Vôlei de Quadra na categoria masculino na cidade de Icó e também vice-campeão na categoria feminina, e neste momento estão disputando o titulo do Handebol masculino.
  
Fonte: site da prefeitura de orós

Tarde de domingo em orós


sábado, 18 de abril de 2015

cuidado com a Internet. dicas ai

O índice de tentativas de fraudes no Ceará passou de 8,08%, em 2013 para 9,16% em 2014, atrás apenas da Bahia 
Em 2014, a Região Nordeste foi a campeã do País em índice de tentativas de fraudes pela Internet. Neste ranking, o Ceará aparece em segundo, superado apenas pela Bahia. O índice de tentativas de golpes virtuais no Ceará saltou de 8,08%, em 2013, para 9,16% no ano passado. Os dados são do Mapa de Fraude no Brasil 2014, da ClearSale, empresa especializada em soluções antifraudes para transações comerciais de diversos segmentos.
O Nordeste havia registrado um índice de 6,09% de fraudes em 2013. Em 2014, a quantidade de ataques saltou para 7,18%, na região. Conforme o estudo, o número representa que a cada R$ 100 movimentados no comércio eletrônico da região, R$ 7,18 são tentativas de fraudes, causando prejuízos aos empresários que atuam no setor e às pessoas, que são vítimas dos falsários.
Conforme o gerente de Inteligência da ClearSale, Omar Jarouche, as regiões Norte e Nordeste foram as principais responsáveis pelo aumento de golpes. "As tentativas de fraude, analisando a média brasileira, apresentaram leve crescimento de 2013 para 2014. Se no ano retrasado a cada R$ 100 em compras, R$ 3,70 eram em tentativas de fraude, no último período o valor subiu para R$ 3,98. E esse aumento pode ser apontado, entre outras causas, pelo comportamento das regiões Norte e Nordeste. A primeira passou de 5,71%, para 6,48%; enquanto a segunda foi de 6,09% para 7,18%", disse Jarouche.
Tipos de crimes
Em geral, os crimes são cometidos com a utilização de cartões de crédito clonados. Softwares maliciosos, na maioria dos casos, costumam utilizar os dados das vítimas diversas vezes até conseguirem finalizar a compra, nas fraudes registradas.
"Existem três tipos de golpe, que podem variar de caso a caso. O primeiro, o mais comum, é a falsidade ideológica com cartão de crédito. Ocorre quando existe um uso indevido, isto é, sem o consentimento do titular do cartão. Frequentemente são utilizados dados roubados para a compra. Muitas vezes profissionais utilizam dados e cartões de terceiros para adquirir produtos ou serviços sem pagar por eles. Todos os dados desse relatório consideram somente este tipo de fraude. A segunda maneira é o "phishing", ação feita por hackers, que agem para adquirir informações pessoais sigilosas, como senhas e dados bancários, através de mensagens e e-mails falsos. A terceira ocorre por meio de páginas falsas na internet, seja de um banco ou uma loja virtual, onde são oferecidos produtos com preços atrativos ou promocionais. As ofertas normalmente são enviadas por e-mail e o site é praticamente idêntico ao da loja verdadeira, o que faz com que as pessoas efetuem falsas compras", diz.
Vale destacar que em todos os nove estados do Nordeste foi registrado aumento nas fraudes em relação ao ano de 2013. A Bahia continua como o maior índice da Região, fechando 2014 com 9,39% de fraudes, ante 8,20% percebidos no ano anterior. O Ceará permanece no segundo lugar, com 9,16%.
Segmentos
Entre os segmentos com maior procura dos fraudadores, o de aparelhos celulares terminou o ano em primeiro, com 18,09% dos casos. Completam a lista produtos de informática, com 8,16% das ocorrências; aparelhos e jogos de videogame, registrando 7,10% das ações; itens automotivos, com 6,81%; e produtos de beleza, com 6,42% das fraudes. Segundo Jarouche, a recente alta da oferta de crédito via cartões de crédito, e o acesso crescente à internet, e de dispositivos com conexão à rede, como smartphones, pode ser explicada, entre outras coisas, a manutenção do Nordeste como região mais vulnerável. "Desde 2013, Ceará e Bahia se revezam entre as primeiras posições entre os menos seguros", afirma.
Levi de Freitas
Repórter

Em palestina-orós, criança é espancada e morta pelo pai



Populares acionaram a Polícia e deram conta que a criança havia sido espancada. 
Uma criança de cinco anos morreu, na manhã desta segunda-feira (13), provavelmente, vítima de uma lesão na cabeça, que teria sido provocada pelo próprio pai. De acordo com informações da Polícia, Bruno Pedro da Silva, estava em uma residência na localidade de Palestina, em Orós, na companhia do pai e de um irmão de um ano e meio, quando populares acionaram a Polícia e deram conta que a criança havia sido espancada.
A escrivã Rosa Maria Lopes, da Delegacia Municipal de Orós,  disse que esteve na casa, mas não encontrou ninguém. Pai e filho já foram encontrados no hospital e o menino já estava morto. “O pai conta que a criança passou mal durante a noite e de manhã teria desmaiado. Ele teria levado o Bruno ao hospital, para fazer uma consulta. Porém, o médico que fez atendimento disse que o menino não chegou lá desmaiado e sim morto”, declarou a policial. 
Antônio Ferreira Lima, acabou sendo detido para explicar melhor o que estava acontecendoe se contradisse diversas vezes durante o depoimento, segundo a agente. “Ele não dizia coisa com coisa. Diz que o menino passou mal porque bebeu alguma cosia na casa da avó, mas não sabe dizer o que. Diante das muitas divergências achamos melhor mantê-lo preso”.
A mãe da criança já foi ouvida. Ela disse que estava na casa da mãe, quando Antônio Lima chegou bêbado e disse que iria levar os dois filhos para casa. "Ela já estava na casa da mãe, porque durante a tarde o Antônio tinhaespancado o enteado de oito anos”, disse Rosa Maria Lopes. 
  Fonte: diario do nordeste